Campus Centro Realizou as Primeiras Edições dos Saraus Ecoar Acústico e do Imperador

Publicado em

Giovana Iorio durante sua apresentação no Sarau Ecoar Acústico/Sarau do Imperador
Giovana Iorio durante sua apresentação no Sarau Ecoar Acústico/Sarau do Imperador

O departamento de Educação Musical e a Biblioteca Escolar do Campus Centro, através da professora Inês Rocha e do bibliotecário Leonardo Fagundes, em conjunto com os discentes dos ensinos Fundamental e Médio realizaram as primeiras edições, em conjunto, do Sarau Ecoar Acústico e Sarau do Imperador na Biblioteca do colégio no dia 19 de dezembro durante o intervalo entre os turnos matutino e vespertino.

O Sarau Ecoar Acústico é uma iniciativa dos alunos da 1ª série do Ensino Médio (sob responsabilidade dos alunos Giovana Iorio, Marcos Vinicius Martins e Naara Huziwara da turma 2106) em apresentar músicas com arranjos acústicos, sem o uso de instrumentos musicais elétricos, com a interpretação dos alunos do campus.

Já o Sarau do Imperador é um evento proposto pela Biblioteca Escolar de forma a trazer a música instrumental, no intervalo entre turnos, com convidados vinculados ou não a história do Colégio Pedro II.

O evento contou com as apresentações dos alunos: Juliana Reis e Marcus Lino (“Barquinho de Papel”, Ana Clara Caetano, Lucas Veiga e Vitória Falcão), Giovana Iorio (“Estudo Op. 849 Nº13, de Carl Czerny), José Renato Schmidt e Gabriel Tiberius (“Pais e Filhos”, de Marcelo Bonfá, Dado Villa-Lobos e Renato Russo), Lara Campos (“Sozinho”, de Peninha), Bianca Fiorella (“Era Uma Vez (Historieta)”, de Barrozo Netto), Kedma Favero (“Cantiga de Ninar”, de Francisco Mignone), Diana Teski e Naara Huziwara (“Chandelier”, de Jesse Shatkin e Sia Furler), Deborah Jordão, Pedro Quesado, Luis Fernando Pontes e Gabriela Fernandes (“Pra Não Dizer Que Falei das Flores”, de Geraldo Vandré), Giovana Iorio, Luis Fernando Pontes e Naara Huziwara (“Don’t Stop Me Now”, de Freddie Mercury) e Lucas Salinas. A responsável Patricia Calderón, mãe da aluna Bianca Fiorella, também apresentou uma obra do cancioneiro argentino.

A estudante Giovana Iorio, idealizadora do projeto, falou da sua expectativa e dificuldade em produzir o sarau com seus colegas. “Foi bem difícil e é um trabalho complexo… Envolve a Direção, a escola, os alunos… Mas valeu a pena e espero que este seja o primeiro de muitos”, relatou.

Já o aluno Marcos Vinicius Martins, produtor do evento, ressalta a iniciativa discente. “O sarau foi algo diferente do que ocorre na escola, pois a iniciativa partiu dos alunos para a escola e não dos professores para a comunidade escolar, de cima para baixo. O sarau é um espaço legal onde a escola se torna palco para os alunos”, afirmou.

A aluna Naara Huziwara, produtora do evento, ressaltou a importância dos saraus na rotina escolar e para a vida dos discentes. “Eu acho que a iniciativa do Sarau Ecoar Acústico serve para incentivar a Música e as Artes, em geral, pois são matérias importantes. Elas nos desenvolvem como seres humanos”, relatou.

Confira abaixo momentos da apresentação dos alunos:

Assuntos:

Tema desenvolvido pela Comunicação Social do Colégio Pedro II para WordPress