#BibliotecaIndica – Sugestões da Biblioteca Histórica (12)

Publicado em

O Biblioteca Indica desta semana traz notícias históricas sobre o Colégio Pedro II. Utilizando a ferramenta de busca da Hemeroteca Digital, disponível no site da Biblioteca Nacional – https://www.bn.gov.br/, diversas notícias podem ser encontradas. Abaixo, destacamos algumas matérias publicadas:

O Malho, 1921 Edição 1003 (1)

Bacharelandos do Internato de 1921”

No ano de 1921, mais uma turma de Bacharelandos se formava no Colégio Pedro II. Era muito comum, naquela época, a clássica foto de turma, com o professor homenageado ao centro (paraninfo da turma) e seus alunos. Na foto, o professor homenageado era João Ribeiro, que lecionava a disciplina de História no Colégio. Para saber quem eram os alunos, acesse o link: http://memoria.bn.br/DocReader/116300/44162

 

Revista da Semana, ano 1940, edição 00013

Você sabe quem foi Thomaz Alves Nogueira?

 

Foi aluno do Colégio Pedro II e anos depois, retornou ao Colégio como professor. Sujeitando-se a provas públicas de habilitação pedagógica, obteve a cátedra de Grego apresentando a tese de concurso toda escrita naquela língua. Lente do Internato do Imperial Colégio de Pedro II, naquela época no começo da Rua de São Francisco Xavier, próximo da matriz da Freguesia do Engenho Velho, Thomaz era um grande estudioso e suas obras tornaram-se patrimônio de bibliotecas e bibliófilos. Quer saber mais? Acesse o link da Revista. http://memoria.bn.br/DocReader/025909_04/598

A imagem da foto refere-se à entrada do Internato, no começo da Rua São Francisco Xavier. Lá lecionaram Thomaz Alves Nogueira e o Barão de Tautphoeus, professor de alemão.

Revista da Semana, 10 de agosto, ano 1940, edição 00032(1)

Você sabia que o último concurso para professor do Colégio Pedro II, antes da Proclamação da República, foi para a disciplina de Inglês?

Em 7 de abril de 1889, o Internato perdia o seu lente catedrático de Inglês, Custodio Américo dos Santos. Aberta a vaga, não demorou para ser realizado um novo concurso para a referida cadeira. Seis candidatos se inscreveram: Carlos Américo dos Santos, irmão do falecido professor; o oficial da Armada, Pedro Cavalcanti de Albuquerque; o Dr. Guilherme Affonso de Carvalho, médico; o Dr. José Joaquim de Siqueira, de estudos em Paris; Jasper  Lafayette Harben, norte-americano radicado no Brasil e professor de inglês e Pedro Boucher de Boucherville. Encerrada a inscrição para o concurso de inglês no Internato, procedeu-se à constituição da mesa examinadora do certame, composta de cinco membros – dois representantes oficiais e três examinadores escolhidos na Congregação do Colégio. A data do último concurso, antes da virada para a República, se deu no dia 14 de novembro de 1889. Quer saber mais? Acesse o link com a matéria: http://memoria.bn.br/DocReader/025909_04/1645

Diário de Notícias, Sexta Seção, p.8, 14 de fevereiro de 1960 (Edição 11427 (6))

“Grande Programa Cultural promovem os alunos do Colégio Pedro II (Seção Sul)”

 

“Uma Comissão de alunos do Colégio Pedro II, diretores da Associação dos alunos da Seção Sul daquela secular casa de ensino, esteve na redação do Diário de Notícias. A ideia dos referidos alunos é a promoção de um movimento nacional de intercâmbio estudantil em prol do desenvolvimento de atividades extra-curriculares de caráter científico, artístico e literário com os alunos dos estabelecimentos de ensino secundário. A aludida promoção constará de conferências, mesas-redondas e programas radiofônicos sobre tipos de atividades estudantis e formação de clubes de estudos, bem como de concertos musicais por alunos membros da referida Associação”.

Link: http://memoria.bn.br/DocReader/093718_04/1161

O Pasquim, 1973, (edição 00204 (1)

“Deu no jornal”

“Por meio da Portaria n.24, de 31 de março de 1973, publicado no Diário Oficial de 25 de abril (Seção I, Parte II), resolveu instituir, em  10 de março, entre os membros do corpo discente dessa autarquia, como contribuição do Colégio Pedro II no transcurso do nono aniversário da Revolução de 1964, uma terceira modalidade de concurso, que consiste na elaboração de uma peça musical, que focalize valores positivos da Revolução de 1964, em quaisquer dos seus aspectos”. Para saber mais, leia a matéria: http://memoria.bn.br/DocReader/124745/6396

Assuntos:

Tema desenvolvido pela Comunicação Social do Colégio Pedro II para WordPress